É um grande desafio ser líder na sua vida: escreva, a partir de agora, a sua história…

por Ângelo Medina

Abundam na web informações sobre o conceito de liderança, estilos de liderança, o que é ser um líder de fato, se a liderança é inata ou pode ser adquirida.

Nesta entrevista ao Vya Estelar, a especialista em autoconhecimento e inteligência comportamental Heloísa Capelas propõe um conceito próprio e inovador: o de autoliderança.

Autoliderança é a capacidade de liderar a própria vida; é o exercício da sua liberdade, (responsabilidade!) e capacidade de fazer suas próprias escolhas. Liberdade para escolher seu caminho para a felicidade.

Liderar seu ‘raio de 20 metros’ é liderar você

“Nós temos influência num raio de 20 metros. Nós somos o centro e 20 metros é o nosso nível de influência”, diz Heloísa.

O que está a 20 metros de você?

Amigos, familiares, colegas de trabalho e seus sonhos: a sua Verdade.

“E o que você precisa fazer para se autoliderar, é liderar esses 20 metros”, reforça.

Para Heloísa, a forma mais segura e eficaz de desenvolver a autoliderança é através do autoconhecimento. “É o autoconhecimento que vai te trazer segurança e colocar seus pés firmes sobre o chão e te conceder estabilidade emocional.”

Afinal, quem é você?

Se autoconhecer é aprender sobre si mesmo conhecendo suas habilidades: pontos fortes e pontos fracos.

Como é que eu penso a respeito de mim mesmo?

Líder é aquele que vai à frente e aponta o caminho

Líder em sua essência é aquele que sabe, que tem visão, que aponta o caminho e vai para frente. Logo, sou líder de mim mesmo quando aponto o caminho para mim: esse é o seu grande desafio.

Mas o caminho para o autoconhecimento e autoliderança é, ao mesmo tempo, fascinante e trabalhoso: é um trabalho infinito, para toda a vida, onde a cada dia você sobe um degrau dessa escadaria para o seu céu, subindo um degrau de cada vez.

Todo esse processo requer paciência, gratidão e perseverança para desenvolver aquilo que está dentro de nós, o autoconhecimemto e atingir aquilo que está tão perto de nós, a autoliderança, mas que agimos como se estivesse muito, mas muito longe.

Autoliderança: como é que você pode se ver e se construir a partir da sua verdade?

Bem… para te ajudar a trilhar esse caminho, Vya Estelar pinçou os principais pontos (destaques) relacionados ao autoconhecimento e autoliderança extraídos de uma entrevista, mais precisamente, um bate-papo de quase uma hora com a Heloísa.

Comece a escrever agora sua nova história…

– Estabeleça um diálogo consigo mesmo; questione-se. Fazer simples perguntas sobre seu dia a dia pode ser muito eficaz.  Por exemplo: O que você escolhe todo dia de manhã ao acordar? Você se levanta da cama com que sentimento, para fazer o quê?

– Exercite a autoconfiança: você é capaz de transformar ou mudar o que quiser acredite!

– Responsabilidade: seja responsável pela própria felicidade, saia do papel de vítima. Você ser vítima de você mesmo é o oposto da autoliderança. Dizer “eu não consigo” idem. Tire essa frase, essa atitude do seu Ser.  Você torna-se vítima de você mesmo, se você não lidera nem a você. Enfim, responsabilidade é a capacidade de dar respostas positivas para a sua vida.

– Aprenda a dizer não ou procure identificar situações em que você em geral se afastou do papel de ser você mesmo, de se autoliderar.

– A autoliderança está ligada à autoestima. Assim, procure identificar quando sente a necessidade da busca por reconhecimento, de aprovação e de agradar. Pessoas com baixa autoestima evitam dizer não, pois temem a desaprovação dos outros. Diga mais sim para você. Permita-se! Para levar uma vida mais plena de aventura e satisfação, você deve querer sentir prazer e alegria. Você tem esse direito.

– Autoliderança não é construída em cima da fraqueza, mas através do seu poder de escolha. O autoconhecimento te possibilita ver com clareza seus pontos fortes e fracos. Enxergando esses seus dois lados, você têm condições de maximizar suas virtudes e minimizar suas “deficiências”. Assim, torna-se muito mais fácil o caminho em direção a seus objetivos.

– Flexibilidade de surfista: seja flexível, pois o autoconhecimento proporciona maior visão de si mesmo, do mundo, das pessoas. Lidere a sua causa, sua vida financeira, amorosa e relacional; gerencie seu tempo (qualidade de vida) e bem-estar. Isso é um desafio!

– Seja humilde, paciente e perseverante: o autoconhecimento é um processo “infinito”, para a vida toda.

– Nossos pais foram nossos modelos de liderança e os paradigmas (crenças!) que hoje temos cristalizados, foram construídos na nossa infância. Por isso, questione as crenças que lhe foram transmitidas como verdades absolutas.

– Aprenda a ouvir seus próprios desejos e sentimentos: como você atende suas expectativas? Quem verdadeiramente lidera você? Se o líder aponta o caminho… Para onde você quer ir? Qual vida você quer construir?

Essas perguntas são fundamentais na construção do autoconhecimento e da autoliderança.

Enfim, a partir desse conhecimento interno, você descobre o que te faz bem, o que te beneficia, o que faz você se sentir orgulhoso e o que te dá prazer. Ouça sua voz interna, siga-a e valorize a sua intuição – a sua inteligência espiritual.

Ao se libertar das prisões da ignorância sobre si mesmo, você adquire paz interior.

Exercício da autoliderança: escreva 4 frases poderosas para sua vida

Pode ser sobre o aspecto que você quiser: amor, prazer, sexo, família, saúde, dinheiro, carreira…  E repita essas frases como mantras. Com o tempo, imperceptivelmente, você vai mudar…

Fonte: Heloísa Capelas é especialista em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental e diretora do Centro Hoffman no Brasil. Palestrante, coach, master practitioner em PNL, autora do best-seller “O Mapa da Felicidade” e coautora de mais sete livros sobre Gestão de Pessoas, Liderança e Inteligência Feminina.

Fonte: vyaestelar